arte
 

Arpad Szenes


1897-1985

biografia

Pintor de origem húngara, nasceu em Budapeste. Revela, desde muito cedo, uma especial aptidão para o desenho. Em 1918, frequenta a Academia Livre de Budapeste onde o ensino é avançado e liberal. Nos seus anos de formação, descobre a arte contemporânea internacional, a música de Bartok e de Kodaly e a arte de vanguarda de Lajos Kassák. Depois de percorrer as capitais artísticas da Europa, fixa-se em Paris em 1925.
Em 1929 conhece Maria Helena Vieira da Silva na Academia da Grande Chaumière, com quem se casa em 1930. Trabalha em gravura, em 1931, no atelier de Hayter onde contacta com importantes nomes do surrealismo que marcam esta fase da sua obra. Devido à guerra, parte com Vieira da Silva para o Brasil em 1940 onde permanece até 1947.
A partir dos anos 50, os guaches e as têmperas tornam-se importantes na sua pintura que se centra agora nas sensações de luz e na exploração de ambientes, caracterizando-se pelos formatos ao alto ou ao baixo de influência japonesa. Obtém a nacionalidade francesa em 1956. Nos anos 60 afirma-se como pintor: faz inúmeras exposições em França e no estrangeiro, as suas obras são adquiridas por museus franceses e recebe várias condecorações do Estado francês. A partir de 1970, organizam-se várias retrospectivas.