arte
 

Siza Vieira


1933

biografia

Álvaro Joaquim Melo Siza Vieira nasceu em Matosinhos a 25 de Junho de 1933.
Estudou Arquitectura na Escola Superior de Belas Artes do Porto entre 1949 e 1955, sendo a sua primeira obra construída em 1954.
Foi colaborador do Prof. Fernando Távora entre 1955 e 1958. Ensinou na ESBAP entre 1966 e 1969;reingressou em 1976 como Professor Assistente de "Construção". Foi Professor Visitante na Escola Politécnica de Lausanne, na Universidade de Pensilvânia, na Escola de Los Andes em Bogotá, na Graduate School of Design of Harvard University como "Kenzo Tange Visiting Professor"; leccionou na Faculdade de Arquitectura do Porto.
Autor de numerosos projectos, tais como: Casa de Chá-Restaurante Boa Nova, Leça da Palmeira; as 1200 habitações no Plano da Malagueira - Évora, Escola Superior de Educação de Setúbal, Faculdade de Arquitectura do Porto, Biblioteca da Universidade de Aveiro, Museu de Arte Moderna do Porto, o Centro Paroquial no Marco de Canavezes, o Pavilhão de Portugal para a EXPO'98 e Pavilhão de Portugal em Hannover 2000 (com Souto de Moura), "Habitação e Comércio "Terraços de Bragança" em Lisboa. Coordenou a Reconstrução dos Armazéns do Chiado em Lisboa.
Na Holanda dirigiu, desde 1985, o Plano de Recuperação da Zona 5 de Schilderswijk, em Haia que terminou em 89; em 1995 concluiu o projecto para os blocos 6-7-8 de Ceramique Terrein, em Maastricht.
Elaborou, em Espanha, o projecto para o Centro Meteorológico da Villa Olimpica em Barcelona; o do Museu de Arte Contemporânea da Galiza e da Faculdade de Ciências da Informação, em Santiago de Compostela; a Reitoria da Universidade de Alicante; Edifício Zaida - Escritórios, Comércio e Habitação em Granada; Complexo Desportivo Ribero Serralo, Cornellà de llobregat em Barcelona.
Algumas obras realizadas tais como: Centro Cultural e Auditório para a Fundação Iberê Camargo, Brasil; Centro Municipal sur Rosário, Argentina; uma Pousada no Plano de Recuperação e Transformação da Cidade Velha, Cabo Verde; Museu de Arte Contemporânea, Nápoles.
As suas obras foram expostas em:
Copenhague (1975); Aarhus e Barcelona (1976); Bienal de Veneza (1978); em Milão (1979); Museu de Arquitectura de Helsínquia e Museu Alvar Aalto em Jyvaeskyla, Finlândia (1982), Centre Georges Pompidou,Paris (1982); Institute of Contemporary Arts, Londres (1983), Stichting Wonen, Amsterdam (1983); Technische Hogenschool, Delft, na ESBAP e Galeria Almada Negreiros (1984), International Building Exhibition, Berlim (1984e 1987); Bienal de Paris e Massachusetts Institute of Technology, Cambridge (1985); 9H Gallery, Londres (1986);Columbia University, Nova Iorque (1987); Harvard Graduate School of Design, Cambridge (1988); Centre Georges Pompidou, Paris e Galeria MOPU/Ministério de Obras Públicas, Madrid (1990); Colegio de Arquitectos,Sevilha (1991); Galeria deSingel, Antuérpia (1992); Galeria Rui Alberto, Porto; MOPU, Madrid; GA Gallery,Tóquio; Bienal de São Paulo (1993); Colegios de Arquitectos de Granada e de Sevilha e Sala do Risco, Lisboa(1994); Centro Galego de Arte Contemporânea, Santiago de Compostela; Antigo Convento de Santa Clara.